CAHistória– Revista discente de História do IM-UFRRJ — 2010; Vol. I; Nº 02

Acesse o conteúdo integral nas guias de cada artigo. Aproveite para ter em PDF baixando pelo 4shared nos respectivos links.

Artigos deste número:

A Misericórdia da Bahia e o seu sistema de concessão de Crédito nos Setecentos (1726-1790)

Augusto Fagundes da Silva dos Santos

Resumo

O presente artigo tem como objetivo principal analisar a Santa Casa de Misericórdia da Bahia enquanto instituição fornecedora de crédito na Bahia colonial. A escassez de intituições finançeiras no contexto do século XVIII possibilitava a atuação de irmandades religiosas na concessão de crédito a juros. Nosso objetivo é portanto analisar a Misericórdia da Bahia sem desconsiderar seus aspectos religiosos, sociais e filantrópicos, mas ultrapassando esses limites, pretendemos analisar o seu papel financeiro dentro da sociedade baiana entre os anos de 1726 e 1790.

Palavras-chave: Santa Casa de Misericórdia da Bahia; Crédito; Bahia Colonial.

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/lezmZuTe/Augusto_Fagundes.html

 

Uma breve análise sobre a vida de Madame Satã

Carla Patrícia Ferreira Surcin

Resumo:

Este trabalho busca realizar uma breve análise da história de vida de João Francisco dos Santos (1900-1976), relacionando-a com questões referentes as transformações sociais, políticas e econômicas que estavam ocorrendo no Rio de Janeiro. Será dada ênfase ao período da história brasileira conhecido como Primeira República, afim de realizar um recorte temporal. Ao delimitar o objeto de estudo, busca-se entender o período destacado através da experiência de vida de indivíduos comuns. Relacioná-la com as transformações que a sociedade passava, possibilita entender diversos aspectos desta, focando principalmente aspectos de “gênero” e “trabalho”.

PALAVRAS-CHAVE: Madame Satã – Primeira República – Gênero

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/DLTa-zAx/Carla_Surcin.html

 

O Padroado Régio na formação do Império Brasileiro

Cezar Augusto Sales Uchôa Júnior

Resumo

Neste artigo busca-se criticar as análises mecânicas e dicotômicas da relação Igreja e Estado na formação da nação brasileira durante o Oitocentos, apontando para pesquisas posteriores sobre o tema. Discute-se as perspectivas de estudo do Padroado que consideram unicamente o caminho da secularização. Propõe-se, alternativamente, a análise da Igreja na organização do projeto de nação que forneceu as bases de pertencimento à sociedade brasileira ainda não secularizada. Constitui-se matéria importante do debate a noção de “mentalidade cristã”, segundo a qual o súdito deveria ser antes um cristão (leia-se católico). Propõe-se, portanto, a reflexão da Igreja Católica Brasileira como fonte ideológica para o desenvolvimento do projeto de nação no Brasil, percebendo no exemplo do Padre Antônio Feijó uma figura emblemática para pensar as inter-relações entre a esfera sagrada e a profana, relativizando este dualismo.

PALAVRAS-CHAVE: Padroado, Igreja e Nação

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/IWKnYRD0/Cezar_Uchoa.html

 

A modernidade e o funk gospel: uma nova forma de desempenhar o religioso

Daniele Ferreira Evangelista

Resumo:

O presente artigo tem por objetivo analisar o fenômeno do funk gospel como modalidade de uma nova forma de desempenhar o religioso, cujo cerne é a redefinição das fronteiras entre sagrado e profano. O funk gospel promove a modernização relativa do campo religioso por meio de pressões e disputas acarretadas pelo ímpeto evangelizador do movimento gospel. No entanto, ao passo que o funk gospel se torna uma mediação eficaz entre a igreja e o público jovem, provoca questionamentos no interior da comunidade evangélica referentes aos limites de tal mediação. Por outro lado, o funk gospel também pode ser visto como fruto da atuação de indivíduos que tentam conciliar seus pertencimentos sociais e culturais, expandindo sua condição de evangélico. Sendo assim, o funk gospel constitui um foco de tensão originado pelo surgimento de novas demandas evangelizadoras.

Palavras-chave: neopentecostalismo; funk gospel; campo religioso.

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/n78219hv/Daniele_Evangelista.html

 

O Rio de Janeiro ideal, de acordo com a revista Brazil Médico e os discursos médicos

Elaine Gonçalves da Costa

RESUMO

Este trabalho apresenta, algumas reflexões sobre a influência dos discursos médicos sobre as obras realizadas na Cidade do Rio de Janeiro no ano de 1903. Desde o fim do século XIX a Cidade sofre com a fama de insalubre, e nesse momento, há o anseio de remodelá-la, por parte do Governo e esse mesmo anseio gera criticas por parte da classe médica. O trabalho busca compreender a partir dos discursos de ambas as partes, a influência destas intervenções tanto nas mudanças estéticas e ideológicas na Cidade.

PALAVRAS-CHAVE: Rio de Janeiro, Imprensa, Urbanização

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/fGkrqH-l/Elaine_Goncalves.htm

 

Entre espadas, hóstias e mandingas: traduções e adaptações cristãs no domínio português na África Central

Felipe Augusto Barreto Rangel

Resumo: O objetivo principal deste artigo consiste na análise da formação de um catolicismo mesclado de práticas africanas em um ambiente colonial, numa realidade militarizada. Os marcos espaciais e cronológicos circunscrevem-se respectivamente ao Presídio de Muxima, em Angola, durante a segunda década do século XVIII. A fonte principal é o processo da Inquisição de Lisboa presente no Arquivo Nacional da Torre do Tombo, numero 5477, contra o réu Vicente de Moraes. Pretendo analisar o caso específico de feitiçaria angolana relacionando-o a três proposições teóricas: as especificidades religiosas constituídas pela própria condição colonial; a formação de um cristianismo africano marcado por adaptações e flexibilizações; e as noções de circularidade cultural, traduzindo a dimensão imperial portuguesa.

Palavras-chave: Império português, religiosidade colonial, feitiçaria.

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/bs3SECv_/Felipe_Rangel.html

 

A Geografia do Sagrado no Recôncavo da Guanabara do Século XVIII.

Live França de Carvalho.

Resumo:

Este artigo propõe o estudo de práticas religiosas de origem católica no Recôncavo da Guanabara, atual Baixada Fluminense, no século XVIII. A partir da análise bibliográfica e documental pretende-se demonstrar a inserção do Recôncavo da Guanabara, no século XVIII, no Império português, por meio das tentativas em criar e manter práticas católicas nas capelas da região. Estas práticas religiosas resultariam na ocupação da região pelo estímulo à devoção, numa espécie de “geografia do sagrado”. Como parte desta geografia, discute-se a relação entre santos e devotos vivenciada no Recôncavo da Guanabara, sobretudo, pelo culto mariano, considerando que a maior parte das capelas, assim como os ornamentos que a compunham seriam utilizados e mantidos em nome da virgem Maria.

Palavras-chave: religiosidade colonial, devoção, sagrado.

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/oacxmdWQ/FRANALive.html

 

Belford Roxo e a Bayer: Industrialização, urbanização e relações de classe (1958 -2008)

Maicon Sérgio Mota Carvalho

Resumo:

O atual artigo visa pesquisar o caso Bayer – Belford Roxo procurando analisar alguns aspectos relacionados à industrialização, urbanização e relações de classe. A região da baixada fluminense até os dias atuais foi pouco estudada pela academia, a intenção é também inserir tal região nos debates acadêmicos, verificando suas potenciais especificidades e a sua dinâmica interna. A partir de um estudo de caso, que visa observar as transformações vividas pela empresa e pelo espaço que a circunda no decorrer dos anos. A Pesquisa teve como objetivo inicial a compreensão da importância histórica da Bayer – Belford Roxo e também saber o porquê da instalação da Bayer na região que hoje pertence ao município de Belford Roxo. A metodologia utilizada foi a mescla de fontes como: entrevistas e leituras de Bibliografia.

Palavras – chave: Historiografia, trabalhadores, indústria – Baixada Fluminense, Bayer.

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/qdItolFR/Maicon_Sergio.html

 

Embriaguez no novo mundo: o olhar europeu sobre a bebedeira na América Portuguesa (1548-1615)

Marcelo Fidelis Kockel

Resumo:

Estranho aos olhos europeus, o cauim – vinho indígena feito a partir do caldo extraído da mandioca, do milho, do caju e de outros frutos – é mencionado em diversos documentos referentes às incursões européias em terras brasileiras entre meados do século XVI e início do XVII. Colonos e missionários portugueses – Fernão Cardim, Gabriel Soares de Souza, Jerônimo Osório, Damião de Góis – e viajantes estrangeiros – Hans Staden, Jean de Léry, Claude D’Abeville, Yves D’Evreux –, que escreveram sobre o Brasil e sua gente, entre 1548 e 1615, relataram a presença da bebida na vida social dos nativos que aqui encontraram.

A partir de tais escritos, pretendo apontar as regularidades discursivas sobre a imagem social do cauim e da embriaguez na sociedade de então.

Palavras-chave: cauim; bebedeira; festa; Novo Mundo.

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/7EfIgWs5/Marcelo_Kockel.html

 

Histórias de mulheres: os homicídios na Comarca de Vitória/ES 1850-1875

Kátia Sausen da Motta (UFES)

Philipi Gomes Alves Pinheiro (UFES)

Resumo

O produto deste artigo refere-se ao estudo dos crimes de homicídios perpetrados por mulheres residentes na Comarca de Vitória no período de 1850 a 1875. Buscou-se investigar o papel feminino nas sociabilidades violentas, em que diversos conflitos travados no cotidiano eram levados às últimas consequências pelas mulheres. A verificação dos autos criminais referentes a assassinatos possibilitou tecer comentários acerca da vida das mulheres acusadas de cometerem esse crime, bem como, elucidar os padrões morais que regiam a sociedade capixaba na segunda metade do século XIX. A trajetória de vida dessas mulheres permite ao pesquisador uma sutil leveza no rigor científico da análise da fonte de modo a realizar uma análise qualitativa. O homicídio praticado pelos diversos atores sociais apresenta-se reconhecidamente como uma alternativa pouco comum para o período (século XIX), mas, em paralelo, parece um dispositivo de contestação de certos hábitos e condutas de vida.

Palavras-chave: História do Crime; Gênero;  Província do Espírito Santo.

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/bA4G2Csf/Philipi_Pinheiro.html

 

Noções de corporativismo.

Considerações a respeito da inserção e da trajetória de um conceito

Vinícius dos Santos Fernandes

Resumo:

Este artigo procura compreender a trajetória e a inserção do conceito de corporativismo nos contextos europeu e brasileiro. Para isso, está estruturado de maneira a permitir uma compreensão mais genérica do conceito para então, analisar a maneira pela qual esse conceito se insere nessas duas conjunturas e as transformações e adaptações que ele sofreu em cada um dos casos. Neste sentido, o corporativismo é um conceito fundamental para entender o panorama político da primeira metade do século XX.

Palavras-chave: Corporativismo, Política e Autoritarismo.

Link para download do trabalho completo:

http://www.4shared.com/document/kMjblHQk/Vincius_Fernandes.html

 

 

 

Anúncios
Publicado em CAHistória– Revista discente de História do IM-UFRRJ — 2010; Vol. I; Nº 02 | 1 Comentário

2ª chamada de artigos e resenhas.

Estamos convidando aos graduandos para participar da 2ª Chamada de Artigos e Resenhas de CAHistória; Vol. II, Nº02: https://cahistoria.wordpress.com/

As normas de publicação encontram-se no link: https://cahistoria.wordpress.com/normas-de-publicacao/

Esta chamada é válida até 15/01/2011 e as submissões devem ser enviadas para cahistoria.revista@gmail.com

Conheça nossa edição anterior e venha conferir que já contamos com o registro de ISSN para nossa revista.

Aguardamos sua contribuição tanto na construção do próximo número como na difusão desta revista para o maior número possível de interessados.

Atenciosamente,

Equipe CAHistória.

CAHistória– Revista discente de História do IM-UFRRJ — 2010; Vol. I; Nº 01.

(DES) ARTICULAÇÃO SOCIO-POLÍTICA DE JOVENS PENTECOSTAIS NA BAIXADA-FLUMINENSE CONTEMPORÂNEA

Geziel Zago Bastos de Sousa


Resumo:

O presente trabalho – que se insere na história do tempo presente – tem como objetivo apresentar resultados obtidos com a pesquisa “Juventude, política e religião-ações e representações”. Busca-se compreender se as instituições pentecostais situadas na Baixada-Fluminense estimulam os jovens a elas vinculados a se engajarem em diferentes formas de associativismo político-social tais como movimentos estudantis, ONGs, partidos políticos. Inicialmente faremos uma sintética descrição do desenvolvimento histórico do pentecostalismo. Em seguida traçamos um perfil social e religioso dos jovens pentecostais na Baixada-Fluminense para então explorar um possível incentivo ao engajamento político-social sobre os jovens pentecostais, a partir das instituições religiosas das quais são membros.

Palavras-chave: Jovens, Pentecostalismo, Baixada-Fluminense.

Link para download do trabalho completo: http://www.4shared.com/document/pESAzWLa/Geziel_Zago_Bastos_de_Sousa.html

 

A POLÍTICA EXTERNA DE DUTRA E JUSCELINO KUBITSCHEK EM PERSPECTIVA COMPARADA

Adriano Ribeiro Paranhos


Resumo

Este trabalho não pretende esgotar a comparação de política externa envolvendo os governos de Eurico Gaspar Dutra e Juscelino Kubitschek. O foco central foi o de buscar o caráter da política internacional de cada um. Para isso, foi preciso compreender o momento da história mundial em que cada governo esteve inserido. Ademais, não há uma discussão teórica em relação a política internacional. É um trabalho histórico, que trabalha basicamente com os relatórios presidenciais e dos ministros das relações exteriores de cada período articulada com bibliografias sobre o tema. Conquanto essa observação o trabalho contribui para entender os rumos da política externa legada, sobretudo por Juscelino Kubitschek.

Palavras – chaves: Política externa; Governo Dutra; Governo JK.

Link para download do trabalho completo: http://www.4shared.com/document/KXpUsP6o/Adriano_Ribeiro_Paranhos_1.html

 

AS QUEIXAS DA POPULAÇÃO CARIOCA NA DÉCADA DE 1920

Tatiana de Souza Castro

Resumo:

O presente artigo apresenta como proposta realizar uma análise sobre o exercício da cidadania, na cidade do Rio de Janeiro, então capital da República, nos anos de 1920. Utilizando como fontes primárias queixas de moradores do município do Rio, publicadas no Jornal do Brasil na coluna “Queixas do Povo,” nosso objetivo é descortinar a atuação dessa população no que diz respeito à reivindicação de soluções para os problemas do cotidiano da cidade. O principal argumento aqui defendido é que, utilizando este espaço na imprensa, disponibilizado gratuitamente, a prática destes cidadãos espelha uma determinada concepção do papel do Estado e do que consideravam direitos adquiridos.

Palavras-Chaves: Cidadania; Cidade do Rio de Janeiro; Práticas Políticas.

Link para download do trabalho completo: http://www.4shared.com/document/LPZjkMXC/Tatiana_de_Souza_Castro.html

 

ESTUDAR O PARTICULAR COMO MOTE PARA (DES)ENVOLVER A NAÇÃO

Rafael José Galozi Soares

Resumo:

Este estudo pretende compreender as relações que o Centro Brasileiro de Pesquisas Educacionais (CBPE) teve, junto à tônica do nacional-desenvolvimentismo, buscando compreender as suas formas de apreensão da sociedade brasileira no período de 1955 até 1964, tomando como referência as publicações que esse Centro usou para divulgar as suas pesquisas. Desta feita usarei do aparato da história intelectual e política para dar luz às formas de pensar dos intelectuais que atuaram nessa empreitada, levando em conta que o CBPE não é uma pessoa, mas uma rede de intelectuais que se une por um único mote: desenvolver o país.

Palavras-chave: Nacional-desenvolvimentismo; História das ideias; CBPE

Link para download do trabalho completo: http://www.4shared.com/document/vI-m5uIi/Rafael_Jos_Galozi_Soares.html

 

HISTÓRIA DA IDEIA DE FAMÍLIA NA PASSAGEM À MODERNIDADE DO BRASIL: EDUCAÇÃO, MEDICINA E RELIGIÃO

Adriano Ribeiro Paranhos


Resumo

Este trabalho busca compreender como se ocorreram as relações entre educação, medicina e religião no que diz repeito a família. O objetivo foi o de entender como as instituições sociais como Estado e Igreja disputaram a influência das famílias brasileiras na passagem à modernidade, momento em que as ideias modernas começaram a ser apropriadas por muitos no Brasil. O que vale notar é que, essa passagem a modernidade pretendia que os indivíduos tivessem liberdade, e não sofressem com as interferências nem do Estado através da medicina e da educação, nem da religião católica. O motivo da religião ser uma das partes envolvidas no trabalho se dá porque, no século XIX, especialmente a partir da segunda metade, o pontificado de Pio IX empreendeu uma luta política contra o que foi chamado de “erros da modernidade”. A família era vista como a base social tanto pelo Estado como pela religião.

Palavras – chave: Religião; educação; saúde;

Link para download do trabalho completo: http://www.4shared.com/document/ijv7P-TK/Adriano_Ribeiro_Paranhos_2.html

 

O MOVIMENTO ESTUDANTIL BRASILEIRO EM TEMPOS DE DITADURA: UM CONTEXTO LATINO-AMERICANO

Adriano dos Santos Moraes


Resumo

O presente trabalho tem como objetivo analisar o movimento estudantil brasileiro tendo como principal foco sua participação política durante os primeiros anos da ditadura, relacionando-o no contexto político na América Latina, durante os tempos de Guerra-Fria. Serão analisadas conceituações teóricas de movimento social, e suas aplicações no que tange ao movimento estudantil, buscando apresentar também a participação política do jovem, suas agitações e manifestações no panorama nacional. A pesquisa será em torno dos aspectos da política nacional na década de 1960, principalmente no que antecede o golpe militar, até o início dos anos de 1970, ressaltando, sobretudo, a participação estudantil no período, desde o início do regime, até o silenciamento do movimento, destacando os acontecimentos importantes do âmbito nacional.

Palavras chave: Movimento estudantil, Ditadura brasileira, Brasil.

Link para download do trabalho completo: http://www.4shared.com/document/qr2V5gRO/Adriano_dos_Santos_Moraes.html

 

O PAPEL DA IMPRENSA NA FORMAÇÃO DO IDEÁRIO REPUBLICANO (1808-1889)

Leandro Marlon Barbosa Assis


Resumo:

O presente artigo visa demonstrar como a construção de um ideário republicano esteve associada diretamente à imprensa, com grande destaque inicial para o Período Regencial, onde os debates começaram a ser mais abertos e explícitos no corpo dos principais jornais exaltados do período. E tendo como ápice a fundação do Partido Republicano, em 1870, uma base sólida para a difusão maior das idéias republicanas.

Palavras-chaves: Império, Imprensa, República.

Link para download do trabalho completo: http://www.4shared.com/document/UoK_vcVF/Leandro_Marlon_Barbosa_Assis.html

 

PRÁTICAS POLÍTICAS: UM OLHAR SOBRE O LEGISLATIVO MUNICIPAL CARIOCA NA DÉCADA DE 1920

Thais Lopes Silva

Resumo

Este trabalho visa contribuir para a discussão sobre a dinâmica política carioca na Primeira República, tomando como eixo de pesquisa a análise da atuação do Conselho Municipal (órgão do Legislativo local da cidade do Rio de Janeiro) na década de 1920. Através desse estudo, estruturado a partir dos Anais do Conselho, busca-se examinar as relações entre os representantes da cidade na referida instância de poder e a população carioca. Privilegia-se aqui a abordagem da cultura política como forma de melhor compreender atitudes, valores, normas, idéias e tradições que regiam o funcionamento do Legislativo local da capital do país no período indicado.

Palavras chaves: Primeira República, Conselho Municipal, Rio de Janeiro.

Link para download do trabalho completo: http://www.4shared.com/document/FjsiXnHw/Thais_Lopes_Silva.html

 

REPRESENTAÇÕES E DISCURSOS SOBRE A DITADURA MILITAR NO BRASIL

Carla Patrícia Ferreira Surcin

Elizabeth Santos de Souza

Jacqueline Silva de Barros

Resumo:

O presente artigo busca realizar uma breve leitura sobre os discursos em relação aos primeiros anos de ditadura militar no Brasil (1964-1968), contrapondo a visão de Zuenir Ventura e de Maria Alice Vieira e Marco Aurélio Garcia com a visão do general Leônidas Pires Gonçalves, ex-diretor do Destacamento de Operações de Informações – Centro de Operações de Defesa Interna (DOI-CODI). Demonstraremos as diferentes interpretações que surgem de um mesmo acontecimento histórico, que dependerá das experiências e posicionamento dos autores envolvidos. E como estas interpretações exercem aguçada capacidade de formar opinião, gerando conseqüências imediatas e posteriores para a representação que a sociedade constrói sobre estes acontecimentos históricos.

Palavras-chave: Ditadura Militar – Discurso – Imagem.

Link para download do trabalho completo: http://www.4shared.com/document/IZMoaZsQ/Carla_Patrcia_Ferreira_Surcin_.html

 

Publicado em Caderno Acadêmico de História -- Ano I - Edição nº 01 | 1 Comentário

Edital: 001/2010 – Chamada de Artigos e Resenhas; Ano I, nº1 2010.

CAHistória – Revista Discente IM-UFRRJ abre chamada de artigos e resenhas para sua primeira edição. Esperamos participação expressiva de nossos colegas graduandos neste projeto que trará visibilidade à produção acadêmica de nossos discentes para além de nossos bancos escolares.

A Profª Drª Surama Conde Sá Pinto é a Coordenadora deste projeto, que envolve discentes do CAHIS/IM-UFRRJ no Editorial, responsável pelo formato da revista, que tem por objetivo principal promover nossa Universidade no que tange ao campo da História e sua produção acadêmica na graduação.

-Os trabalhos devem ter de 10 a 15 laudas (no caso de artigos) e de 3 a 5 laudas (no caso de resenhas).

-O e-mail para envio dos trabalhos e dúvidas é: cahistoria.revista@gmail.com.

-O prazo final para o envio dos trabalhos é o dia 31/07/2010.

-Os trabalhos encaminhados serão submetidos a 2 (dois) pareceristas, no caso de pareceres divergentes haverá um avaliador extra.

-Temática livre – desde que filiado à História e/ou à Historiografia.

OBS.: Todos os casos omissos serão avaliados por uma comissão ad hoc.

Normas de publicação

1. Os arquivos deverão ser salvos na extensão “doc” ou “rtf”, digitados em programa editor de texto no padrão do Microsoft Office Word, edição 98 ou superior;

2. Fonte: Times New Roman 12, espaçamento 1,5;

3. Margens: superior: 3 cm, inferior: 2 cm, esquerda: 3 cm, direita: 2 cm;

4. A autoria (nome completo) deverá vir após o título, à direita. Em nota de rodapé (asterisco) deve ser colocada a instituição de origem, trajetória acadêmica e agência financiadora, quando for o caso;

5. Os textos deverão conter resumo com até dez linhas, 3 palavras-chave, em português;

6. As citações de até três linhas devem constar entre aspas, no corpo do texto, com o mesmo tipo e tamanho de fonte. As referências das mesmas devem constar no corpo do texto indicando, entre parênteses, o nome do autor em letras maiúsculas, ano de publicação e páginas. Ex: (SOUZA, 1993: pp. 11-14);

7. As citações a partir de quatro linhas devem estar com recuo esquerdo de 4 cm, em fonte Times New Roman 10, itálico. As referências das mesmas devem constar no corpo do texto, entre parênteses, como no exemplo acima;

8. As notas, referentes às citações, deverão ser colocadas ao fim do documento, e não no fim da página;

9. As notas de caráter explicativo/complementar devem vir no fim do texto, sendo numeradas em algarismos arábicos seqüenciais;

10. Os textos não deverão conter tabulação, colunas ou separação de sílabas hifenizada;

11. As tabelas (quando houver) devem ser digitadas seguindo a formatação padrão de tabela do programa editor de texto;

12. As referências bibliográficas deverão ser colocadas no final do texto e deverão respeitar as regras da ABNT, dispostas em ordem alfabética por autor;

13. As páginas devem ser numeradas;

14. Número de laudas:

  • Artigos – de 10 a 15 laudas
  • Resenhas – de 3 a 5 laudas

Conselho Editorial

Alexandre Alamino

Allofs Daniel Batista

Deborah Aguiar

Hana Mariana

Luiz Gustavo

Marcelo Alves

Thais Machado

Publicado em Chamadas de Artigos e Resenhas | Marcado com